Terça-feira, 25 de Novembro de 2008
Imortais, tu e eu...

 

 

 
Por mais que a vida nos agarre assim Nos troque planos sem sequer pedir Sem perguntar a que é que tem direito Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais Se nos olhamos tão fundo de frente Se o meu caminho for para onde vais A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto Não saberia não te ter É que eu quero-te tanto É sempre mais do que eu te sei dizer Mil vezes mais do que eu te sei dizer

Por mais que a vida nos agarre assim Nos dê em troca do que nos roubou Às vezes fogo e mar, loucura e chão Ás vezes só a cinza do que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais Se nos olhamos tão fundo de frente Se a minha vida for por onde vais A encher de luz os meus lugares ausentes


publicado por Fecho Aberto às 14:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Visitas
olhinhos
posts recentes

Imortais, tu e eu...

links
pesquisar
 
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags