Quinta-feira, 31 de Julho de 2008
Espaço de convívio aberto mas com proprietário de férias

 

Peço desculpa mas a minha empregada já foi de férias, já está bronzeada, e eu ainda aqui estou, mas vou partir, deixo o meu espaço aberto aos amigos, mas como compreendem isto sem mim e sem a minha empregada para dar uma limpeza, agradeço que não façam muita porcaria.

Ok, um abraço para os amigos, um beijo para as amigas, desejos de grandes voos e um até breve.


tags:

publicado por Fecho Aberto às 01:32
link do post | comentar | favorito
|

Preparação do voo

 

Não faço mais que sentir
ou pressentir
sons ditos em surdina,
talvez ouvir
murmúrios só pensados
incompletos sonhos
imaginados.
Não sei sequer reflectir
a nua realidade
que, estranha, me atravessa.
Será verdade?
Não quero senão sentir!
Que o que restar
me passe ao lado depressa.
Longa será a viagem,
é preciso voar.
Foto: Anna Antipova

 


http://mulher50a60.weblog.com.pt/



publicado por Fecho Aberto às 01:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 28 de Julho de 2008
Arco Íris

 

 

 
Riscos de cor gravados no céu
Mostrando a harmonia da natureza
Cenário presente em qualquer sonho meu
Derivado da sua enorme beleza.

Como é deslumbrante o seu colorido
Que me transmite uma calma profunda
Faz-me esquecer este mundo sofrido
Que diariamente é massacrado de uma forma absurda.

O céu pincelado de cor
Capaz de proporcionar um sorriso num rosto desolado
Colorindo por momentos um dia de horror,
Vivido por alguém com o coração amargurado.

Perante tal cenário, tudo é possível imaginar
A alegria e a beleza das cores
Fazem os pássaros alegremente à sua volta voar
Bem como fazer despertar a beleza das flores.

Como é belo o céu a sorrir cheio de cor
Mesmo que seja por pouco tempo,
É capaz de fazer esquecer qualquer dor
Mesmo que seja por um breve momento.
 
 
João Filipe Ferreira


publicado por Fecho Aberto às 08:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 27 de Julho de 2008
Richard Clayderman - Love Story

 

 



publicado por Fecho Aberto às 14:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 25 de Julho de 2008
Michelle

 

Michelle, minha bela
Essas são palavras que combinam,
minha Michelle

Michelle, minha bela
São as palavras que ficam muito bem juntas, muito bem juntas

Eu amo você, eu amo você, eu amo você
Isso é tudo que eu quero dizer
Até eu encontrar um caminho
eu direi as únicas palavras que eu sei que você entenderá

Michelle, minha bela
São as palavras que ficam muito bem juntas, muito bem juntas

Eu preciso, eu preciso, eu preciso
Eu preciso fazer você enxergar
O que você significa para mim
Até eu conseguir, espero que você entenderá o que eu quero dizer
Eu amo você

Eu quero você, eu quero você, eu quero você
Eu acho que você sabe disso agora
Eu vou te alcançar de alguma maneira
Até eu conseguir, eu estou dizendo a você para que entenda

Michelle, minha bela
São as palavras que ficam muito bem juntas, muito bem juntas

E eu direi as únicas palavras que eu sei que você entenderá,
minha Michelle

 

 

 



publicado por Fecho Aberto às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Quinta-feira, 24 de Julho de 2008
All Together Now

 

Um, dois, três, quatro,
Posso ter um pouco mais?
Cinco, seis, sete, oito, nove, dez
Eu te amo.

A, B, C, D
Posso trazer meus amigos para o chá?
E, F, G, H, I, J,
Eu te amo.

Bom bom bom bom-pa bom
Comande o barco, bom-pa bom
Corte a árvore, bom-pa bom
Pule corda, bom-pa bom
Olhe para mim!

Todos juntos agora,Todos juntos agora,
Todos juntos agora, Todos juntos agora.

Preto, Branco, verde, vermelho,
Posso trazer meus amigos para cama?
Rosa, marrom, amarelo, laranja e azul,
Eu te amo.

Todos juntos agora,Todos juntos agora,
Todos juntos agora, Todos juntos agora.

Bom bom bom bom-pa bom
Comande o barco, bom-pa bom
Corte a árvore, bom-pa bom
Pule corda, bom-pa bom
Olhe para mim!

Todos juntos agora,Todos juntos agora,
Todos juntos agora, Todos juntos agora.
 
 


publicado por Fecho Aberto às 17:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Nowhere Man

Homem de lugar nenhum

Ele é um autêntico Homem de Lugar Nenhum
Sentado em sua terra de lugar nenhum
Fazendo todos os seus planos inexistentes
para ninguém

Não tem uma opinião,
Não sabe para onde está indo
Ele não é um pouco parecido com você e eu?

Homem de Lugar Nenhum, por favor escute
Você não sabe o que está perdendo
Homem de Lugar Nenhum
O mundo está sob o teu comando

Ele é tão cego quanto deseja ser
Só vê o que quer vê
Homem de Lugar Nenhum consegues ver-me?

Homem de Lugar Nenhum, não te preocupes
Pegue teu tempo, não tenhas pressa
Deixa tudo até que alguém
Te dê uma ajuda

Não tem opiniões
Não sabe para onde está indo
Ele não é um pouco parecido com você e eu?

Homem de Lugar Nenhum, por favor escute
Você não sabe o que está perdendo
Homem de Lugar Nenhum, o mundo está sob o teu comando

Ele é um autêntico Homem de Lugar Nenhum
Sentado em sua terra de lugar nenhum
Fazendo todos os seus planos inexistentes
Para ninguém

 



publicado por Fecho Aberto às 17:34
link do post | comentar | favorito
|

Lucy in the Sky with Diamonds

Lucy No Céu Com Diamantes

Pinte-se a si mesmo em um barco em um rio
Com árvores de tangerina e céus de marmelada
Alguém o chama, você responde muito lentamente
Uma menina com olhos de caleidoscópio

Flores de celofane amarelas e verdes
Sobressaindo sobre sua cabeça
Procura a menina com o Sol em seus olhos
E ela se foi

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Siga-a rio abaixo até uma ponte através de uma fonte
Onde pessoas de pedra a cavalo comem tortas de marshmallow
Todos sorriem enquanto você é levado em meio às flores
Aquilo cresce tão inacreditavelmente alto

Táxis de jornal aparecem na margem do rio
Esperando para levá-lo de lá
Dê meia-volta e suba o rio com sua cabeça nas nuvens
E você se foi

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Pinte-se a si mesmo em um trem em uma estação
Com carregadores de massa de modelar com visual de gravatas de vidro
De repente alguém está lá, na catraca
A menina com olhos de caleidoscópio

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

 

 

 



publicado por Fecho Aberto às 17:24
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 23 de Julho de 2008
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos

Um dia a areia branca
Seus pés irão tocar
E vai molhar seus cabelos
A água azul do mar

Janelas e portas vão se abrir
Pra ver você chegar
E ao se sentir em casa
Sorrindo vai chorar

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante

As luzes e o colorido
Que você vê agora
Nas ruas por onde anda
Na casa onde mora

Você olha tudo e nada
Lhe faz ficar contente
Você só deseja agora
Voltar pra sua gente

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante

Você anda pela tarde
E o seu olhar tristonho
Deixa sangrar no peito
Uma saudade, um sonho

Um dia vou ver você
Chegando num sorriso
Pisando a areia branca
Que é seu paraíso

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante

 

 

 



publicado por Fecho Aberto às 19:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 21 de Julho de 2008
Celtic Woman - You Raise Me Up

 

When I am down and, oh my soul, so weary;
When troubles come and my heart burdened be;
Then, I am still and wait here in the silence,
Until you come and sit awhile with me.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

There is no life - no life without its hunger;
Each restless heart beats so imperfectly;
But when you come and I am filled with wonder,
Sometimes, I think I glimpse eternity.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

You raise me up: To more than I can be.

 

 



publicado por Fecho Aberto às 00:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Domingo, 20 de Julho de 2008
Annabel Lee


It was many and many a year ago,
In a kingdom by the sea,
That a maiden there lived whom you may know
By the name of Annabel Lee;
And this maiden she lived with no other thought
Than to love and be loved by me.

I was a child and she was a child,
In this kingdom by the sea:
But we loved with a love that was more than love -
I and my Annabel Lee;
With a love that the winged seraphs of heaven
Coveted her and me.

And this was the reason that, long ago,
In this kingdom by the sea,
A wind blew out of a cloud one night, chilling
My beautiful Annabel Lee;
So that her high-born kinsmen came
And bore her away from me,
To shut her up in a sepulchre
In this kingdom by the sea.

The angels, not half so happy in heaven,
Went envying her and me -
Yes! that was the reason (as all men know,
In this kingdom by the sea)
That the wind came out of the cloud
Chilling and killing my Annabel Lee.

But our love it was stronger by far than the love
Of those who were older than we -
Of many far wiser than we -
And neither the angels in heaven above,
Nor the demons down under the sea,
Can ever dissever my soul from the soul
Of the beautiful Annabel Lee;

For the moon never beams without bringing me dreams
Of the beautiful Annabel Lee;
And the stars never rise but I feel the bright eyes
Of the beautiful Annabel Lee;
And so, all the night-tide, I lie down by the side
Of my darling -my darling -my life and my bride,
In the sepulchre there by the sea -
In her tomb by the sounding sea.


Annabel Lee by Edgar Allan Poe read by Marcus D'Amico

Audio created by Robert Nichol AudioProductions London 2000 all rights reserved



publicado por Fecho Aberto às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sábado, 19 de Julho de 2008
Louca sedução

Basta você me ligar
Já não fico normal
Pinta um clima no ar
E levanta o astral
Ouvindo susurros de amor
Viajo na imaginção
E vai aumentando o calor
Do corpo e do coração


Amar você é bom demais
Meu coração bate palma
E pede mais

Louca sedução
Corre, vem me ver
Quente igual verão
vem me amar, me dá prazer



Basta você me ligar
Já não fico normal
Pinta um clima no ar
E levanta o astral
Ouvindo susurros de amor
Viajo na imaginção
E vai aumentando o calor
Do corpo e do coração


Amar você é bom demais
Meu coração bate palma
E pede mais

Louca sedução
Corre, vem me ver
Quente igual verão
vem me amar, me dá prazer


 



publicado por Fecho Aberto às 00:55
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 16 de Julho de 2008
Pink Floyd - Learning to Fly

 

 



publicado por Fecho Aberto às 23:44
link do post | comentar | favorito
|

Samba Pa Ti

 

 



publicado por Fecho Aberto às 09:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 15 de Julho de 2008
Nights in white satin

Nights in white satin, never reaching the end

Letters I've written, never meaning to send

Beauty had always been, with these eyes before

Just what the truth is, I can't say anymore

'Cause I love you, yes I love you, oh, how I love you



Gazing at people, some hand in hand

Just what I'm going through, they can't understand

Some try to tell me, thoughts they cannot defend

Just what you want to be, you will be in the end

And I love you, yes I love you

Oh, how I love you, oh, how I love you



(musical part)



Nights in white satin, never reaching the end

Letters I've written, never meaning to send

Beauty have always been, with these eyes before

Just what the truth is, I can't say anymore

'Cause I love you, yes I love you

Oh, how I love you, oh, how I love you



'Cause I love you, yes I love you

Oh, how I love you, oh, how I love you



(musical part)



{Epilogue, spoken}

Breathe deep the gathering gloom

Watch lights fade from every room

Bedsetter people look back and lament

Another day's useless energy's spent

Impassioned lovers wrestle as one

Lonely man cries for love and has none

New mother picks up and suckles her son

Senior citizens wish they were young

Cold-hearted orb that rules the night

Removes the colors from our sight

Red is grey and yellow white,

And we decide which is right,

And which is an illusion.

 


 

 

 


 



publicado por Fecho Aberto às 02:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Julho de 2008
Changes

I feel unhappy, I feel so sad
I've lost the best friend, that I ever had.
She was my woman, I love her so.
But it's too late now, I've let her go.

I'm going through changes.
I'm going through changes.

We shared the years, we shared each day.
In love together, we found a way.
But soon the world, had it's evil way.
My heart was blinded, love went astray.

I'm going through changes.
I'm going through changes.

It took so long, to realize.
And I can still hear her last goodbyes.
Now all my days, are filled with tears.
Wish I could go back, and change these years.

I'm going through changes.
I'm going through changes.

 


 

 

 


...porquê amanhã?

...se hoje amas...

...se hoje desejas...

...se hoje estás bem contigo próprio...

...se hoje estás bem com os outros...

...se hoje queres viver...



publicado por Fecho Aberto às 18:56
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 13 de Julho de 2008
É p'ra amanhã

É p'ra amanhã
Bem podias fazer hoje
Porque amanhã sei que voltas a adiar
E tu bem sabes como o tempo foge
Mas nada fazes para o agarrar

Foi mais um dia e tu nada fizeste
Um dia a mais tu pensas que não faz mal
Vem outro dia e tudo se repete
E vais deixando ficar tudo igual

É p'ra amanhã
Bem podias viver hoje
Porque amanhã quem sabe se vais cá estar
Ai tu bem sabes como a vida foge
Mesmo que penses que está p'ra durar

Foi mais um dia e tu nada viveste
Deixas passar os dias sempre iguais
Quando pensares no tempo que perdeste
Então tu queres mas é tarde demais

É p'ra amanhã
Deixa lá não faças hoje
Porque amanhã tudo se há-de arranjar
Ai tu bem sabes que o trabalho foge
Mesmo de quem diz que quer trabalhar

Eu sei que tu andas a procurar
Esse lugar que acerte bem contigo
Do que aparece não consegues gostar
E do que gostas já está preenchido

 


 

 



publicado por Fecho Aberto às 20:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

I need you

We used to laugh

We used to cry

We used to bow our heads then

Wonder why

But now youre gone

I guess I'll carry on

And make the best of what you've left to me

Left to me, left to me



I need you

Like the flower needs the rain

You know, I need you

Guess I'll start it all again

You know, I need you

Like the winter needs the spring

You know I need you

I need you



And every day

I'd laugh the hours away

Just knowing you were thinking of me

Then it came

That I was put to blame

For every story told about me

About me, about me



I need you

Like the flower needs the rain

You know, I need you

Guess I'll start it all again

You know, I need you

Like the winter needs the spring

You know I need you

I need you, I need you

 


 

 



publicado por Fecho Aberto às 19:20
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Sábado, 12 de Julho de 2008
Lucky man - Emerson, Lake & Palmer

He had white horses

And ladies by the score

All dressed in satin

And waiting by the door



Ooooh, what a lucky man he was

Ooooh, what a lucky man he was



White lace and feathers

They made up his bed

A gold
covered mattress

On which he was laid



Ooooh, what a lucky man he was

Ooooh, what a lucky man he was



He went to fight wars

For his country and his king

Of his honor and his glory

The people would sing



Ooooh, what a lucky man he was

Ooooh, what a lucky man he was



A bullet had found him

His blood ran as he cried

No money could save him

So he laid down and he died



Ooooh, what a lucky man he was

Ooooh, what a lucky man he was

 


 

 



publicado por Fecho Aberto às 19:05
link do post | comentar | favorito
|

Yes - Soon - Amesterdam Live 2002

 

 

Soon oh soon the light


pass within and soothe the endless night


and wait here for you


our reason to be here


Soon oh soon the time


all we move to gain will reach and calm


our heart is open


our reason to be here


Long ago, set into rhyme


Soon oh soon the light


ours to shape for all time, ours the right


the sun will lead us


our reason to be here


the sun will lead us


our reason to be here

 

 


 

 

 



publicado por Fecho Aberto às 18:58
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Visitas
olhinhos
posts recentes

Everybody Hurts

Para o mais que perfeito ...

Profundamente

All I need is you

Sexy music

deixa-me voar nas tuas as...

vejo-te nas minhas sombra...

Erotica

Sweet dreams

Princesa presa!

Amor e sexo

May it be

Parabéns minha Fada!

The Best

I'm yours

a tua imagem

para ti...

em todos os géneros e fei...

You are my pretty woman

Apenas amor e nada mais.....

Te Amo y Te Necesito

Angel are real...

Reflexões de paixão

Her morning elegance

Feelings

Fada da minha viagem

Melody in the Key of Love

Meu raio de sol, que me i...

Tu és tão linda para mim

a caminho de ti...

Também o meu anjo te prot...

Unforgettable

Love

All you need is "me"!

A tua canção

Fada do amor

Silêncio

balada para ti

Lost without your love

La tortura (do meu pensam...

Chega de saudade

Amor e Sexo

All that jazz

uma lágrima de saudade

espero-te...

Iris - Goo Goo Dolls

Mais e mais

Imagine

I should have known bette...

The Moment of Peace

links
pesquisar
 
arquivos

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags